275989029_5878152515545238_8708422070696470123_n (1) (1) (1) (1).jpg

ESTÓRIAS INFANTIS PARA ADULTOS

 
20220407_112135 (1) (1).jpg

MENSAGENS TROCADAS Diálogos com Alguma Moralidade

Lançamento do livro MENSAGENS TROCADAS Diálogos com Alguma Moralidade, de José Manuel Jara

ulmeiro86037_286037.jpg

Ulmeiro

Na livraria Ulmeiro, onde Zeca Afonso passou a madrugada do 25 de Abril

capa3a_formato_6cm_edited.jpg

“50 anos, 50 fotografias”

“50 anos, 50 fotografias”,  a editar pelo Espaço  Ulmeiro,  abarca o percurso fotográfico de Armando Cardoso

image.jpg

50 Anos Ulmeiro

Isto Anda Tudo Ligado, Ulmeiro 50 anos de intervenção cultural 1969-2019

Lançamento Baldaya 14.05.2022-00.jpg

Estórias Infantis para Adultos

Lançamento do livro ESTÓRIAS INFANTIS PARA ADULTOS, Jorge Araújo (texto) e ilustraçãoes (Maria do Carmo Pais

final_edited.jpg
164288264_126870996053761_50688745013803

Crónica de ANTÓNIO LOBO ANTUNES

HOMENAGEM A JOSÉ RIBEIRO

Texto de Federico Garcia Lorca no Dia Mundial da Poesia

Para ouvir como se fosse uma aula sobre o Livro e toda a sua importância!

Este foi o documentário que homenageia os 50 anos do Espaço Ulmeiro. A livraria que abriu no bairro de Benfica no final dos anos 60, onde passaram alguns dos grandes nomes da cultura portuguesa. Foi ali, na cave onde frequentemente eram organizadas sessões de música e poesia, que Mário Viegas declamou pela primeira vez em Lisboa. Foi na Ulmeiro que José Afonso passou a madrugada do 25 de Abril.

 

Documentários sobre a Ulmeiro nos seus 50 anos e um trabalho do Professor Daniel de Melo da Univ. Nova de Lisboa

Books-702x400px.jpg

REFERÊNCIA AO ESPAÇO ULMEIRO NO TRABALHO DE PESQUISA DO PROFESSOR e HISTORIADOR DANIEL MELO:

Capitais ibéricas da resistência antiditatorial e anticolonialista:redes e cumplicidades no mundo da edição nos anos 1960-70

 

Sala Lawrence Ferlinghetti

lawrence2.jpg

Quando me pergunta qual é a minha filosofia de vida de hoje, conto-lhe um sonho que tive esta noite. Estava perto de um lago roadeado de montanhas. Mergulhei e vi um objecto luminoso. Mergulhei ainda mais e vi que era a junção dos dois símbolos num só, o da City Lights e o da Ulmeiro

Lawrence Ferlinghetti, 1986